Executando testes em partes

Post movido para: http://blog.guilhermegarnier.com/2008/04/04/executando-testes-em-partes/

A execução de testes em Rails é feita, normalmente, com o comando rake test. Este comando executa automaticamente todos os testes unitários e funcionais. Porém, algumas vezes queremos executar apenas uma parte dos testes, seja porque sabemos que outra parte do sistema está dando algum erro que pretendemos tratar depois, seja porque acabamos de alterar um trecho do código (ou dos testes) e queremos verificar se estes estão OK.

Para executar apenas os testes unitários, executamos o comando rake test:units. Para os testes funcionais, rake test:funcionals. Mas se quisermos executar um arquivo de testes específico, devemos trocar o rake pelo próprio ruby:

ruby test/unit/usuario_test.rb

Para sermos ainda mais específicos, e executarmos um único método, basta acrescentar o parâmetro --name:

ruby test/unit/usuario_test.rb --name test_dados

Outra vantagem de testar executando o ruby diretamente (sem o rake) é que não ocorre o problema de tabelas não existentes no ambiente de desenvolvimento, como ocorre com o rake.

Referência:

2 Responses to “Executando testes em partes”


  1. 1 Tiago Albineli Motta abril 4, 2008 às 6:48 pm

    Muito útil a dica, agiliza o desenvolvimento, ainda mais quando a suite de testes é grande.

  2. 2 Vitor Pellegrino abril 7, 2008 às 5:39 pm

    Melhor ainda do que isso é utilizá-los através do autotest que só executa os testes relacionados aos arquivos alterados a cada save🙂

    http://vp.blog.br/2007/10/05/como-eu-aprendi-a-gostar-de-testes-automaticos/


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




@guilhermgarnier

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Estatísticas

  • 58,044 hits
Linux Counter

%d blogueiros gostam disto: